Homenagem da ABHP para Simone M. Batista Leite

Homenagem da ABHP para Simone M. Batista Leite

15 de junho de 2021 0 Por Pedro

SIMONE MARIA BATISTA LEITE

(1958 a 21 de junho de 2021)

PRESENTE! Será reconhecida por sua grandeza, prontidão, reconhecida por seu envolvimento comprometido em todas as áreas da Saúde, mas sobretudo, aquela da ação criativa e emancipatória dos Movimentos Sociais Populares como presença viva, incluínte por sua responsabilidade com as políticas públicas do país, políticas de Estado, e em todos os organismos auxiliares da cidadania, de todos os organismos nacionais que tinham responsabilidade de imaginá-las, cria-las, sustenta-las na perspectiva da criação de uma cidadania pública feita sobretudo com os setores populares, como elementos centrais de uma saúde incluínte, ativa, representativa e orgânica. Uma presença de plenitude das melhores virtudes que tocam aos setores combativos, em favor do avanço do país, a partir daqueles que foram excluídos, marginalizados e cuja representação foi realizada pela vontade de viver, em um planeta e em um Brasil do tamanho de todas as singularidades de diferenças, sem quaisquer marginalizações, presentes e na vanguarda da Democracia Popular Ativa e Participativa Universal. De todos os organismos que foram representados por SIMONE deve ser enfatizado a linda de frente, e a democracia popular em construção, neste sentido a ANEPS foi o lugar que permitiu a SIMONE – e ocupado sempre com absoluta dedicação e prioridade – entre a criação das Políticas Públicas de Saúde para a Democracia Popular ampla e irrestrita. Resta dizer do incentivo a todas as outras siglas, movimentos, políticas das quais era presença carinhosa, simples, prestimosa e de iniciativas muito felizes. Ligada organicamente a todos os agentes de Saúde Popular do pais, como formadora desta cultura de ousadia, será reconhecida e lembrada pelo quanto ensinou a todos nós, dentro e fora do Brasil. A morte de SIMONE, é o seu renascer nos grandes espaços da Educação e Saúde, nos movimentos e na Pastorais. A morte não é o fim, somos eternos. Simone está com Deus-Mãe-Pai-Deidades e com todos nós que continuamos a luta reiterada em momento de retomada da construção da Democracia e do refazimento de um Estado incluínte, solidário, democrático, participativo e de cidadania irrestrita.

#LutemosComoSimoneLeite

#SimoneEternamentePresente

BRASIL DA INCLUSÃO DE TODAS AS DIFERENÇAS E DO ESTADO DEMOCRÁTICO POPULAR, DE JUSTIÇA, DIREITOS E VERDADE.

 

Sua contribuição com a ABHP sempre será lembrada

A cuidadora de todos nós

 

                                                         

Sua participação em muitos dos congressos da ABHP, esse último em 2019 em Chapada dos Guimarães